+55 11 3198 6122 Bandeira Brasil     +351 308 813 019 Bandeira Portugal
Espanha Reino Unido
Banner image

Boas práticas para otimizar resultados das suas campanhas de email marketing

  • Blog
  • Blog detalhes
23 de março de 2017

Boas praticas para otimizar resultados das suas campanhas de email marketingRealizar campanhas de email marketing não é algo que se consiga fazer de um dia para o outro, uma vez que nem sempre é simples conseguir uma base de dados relevante (ou seja, que não tenha sido comprada).

Assim sendo, o nosso conselho inicial, é que antes mesmo de iniciar um destas campanhas (que iremos dar algumas dicas de boas práticas para que as mesmas sejam otimizadas), tenha a certeza sobre a origem da base de dados que vai utilizar. A mesma é 75% responsável pelo sucesso da sua campanha.

Conheça de seguida as nossas dicas, e vai ver que irá obter bons resultados.

7 dicas para otimizar as suas campanhas de email marketing

Cada vez mais o email marketing é uma ferramenta importante para fidelizar e estreitar a relação com os atuais e potenciais clientes, assim como potenciar o aumento das vendas.

Conheça de seguida, 7 boas práticas e algumas dicas que sugerimos ter em consideração no desenvolvimento de campanhas de email.

1 – Aposte em campanhas personalizadas

Uma campanha de email marketing tem muito mais impacto se for personalizada de acordo com o destinatário da mesma.

Assim sendo, uma das nossas primeiras dicas é realizar uma personalização de campanha tendo em conta diversos critérios que vão além do nome do subscritor. Pode segmentar a mesma de acordo com:

  • Sexo dos subscritores;
  • Área de residência;
  • Idade;
  • Melhores horários de conversão (é importante que teste os mesmos)…

Para isso, é importante que faça uma correta definição das personas, e descobrir quais os interesses em comum de forma a enviar conteúdo relevante.

Além do email, acrescente alguns campos extra ao formulário de subscrição de forma a poder começar logo a segmentar os seus potenciais clientes.

2 – Tenha cuidado com o preheader

De forma geral, todos nós enquanto consumidores, recebemos diariamente dezenas de emails novos todos os dias.

Desta forma, deve utilizar o máximo de elementos disponíveis de forma a impulsionar a taxa de abertura dos emails que envia.

Além do natural relevo que deve ser dado ao assunto do email (não o deixe para último na preparação das campanhas!), é também importante que não se esqueça do preheader.

O preheader é aquele texto que surge depois da linha do assunto quando o email é exibido na caixa de entrada, devendo ser utilizado para dar ao destinatário uma informação extra do que poderá encontrar no conteúdo do email e despertar o interesse dos mesmos na abertura do email.

Tenha em conta que o mesmo deve ser escrito em seguimento do assunto do email, uma vez que são apresentados em conjunto.

3 – Não se esqueça do remetente

O remetente, é normalmente o primeiro elemento que é visualizado numa campanha de email marketing. Assim sendo, é um campo que não pode nunca esquecer-se de preencher.

Existem diferentes opções para utilizar como remetente. Pode, por exemplo, utilizar o nome da marca/empresa ou, além do nome da marca, acrescentar o nome do emissor.

Salientamos que já foram realizados diversos testes, e constatámos que utilizar o nome do emissor e da marca em conjunto tem um efeito positivo nas taxas de abertura.

4 – O conteúdo é imensamente importante

De forma a investir numa campanha de email marketing, tenha em conta que o conteúdo da mesma deve ser SEMPRE relevante para o leitor.

Assim sendo, a forma como escreve, deve envolver o leitor, tornando-se mais relevante para o mesmo.

Aposte em imagens ou pequenos gifts/vídeos de forma a tornar o mesmo dinâmico e interessante para quem a irá ler.

5 – Tenha uma lista de contacto qualificada

Tal como dissemos no início deste email, a sua base de contactos é responsável por 75% do desempenho de uma campanha de email marketing.

Tenha em conta, que as bases de dados compradas, na maior parte dos casos, vão fazem com que o seu email entre na lista de spam, uma vez que as pessoas não sabem porque é que estão a receber os seus emails.

Salientamos que uma boa lista não significa necessariamente uma lista com muitos contactos, mas sim que os contactos existentes sejam válidos, não estejam duplicados ou inativos e interajam com os teus envios de forma positiva.

6 – Seja mobile

Com as vantagens ou desvantagens que lhe possam estar associadas, é um facto que os smartphones se tornaram uma extensão de grande parte das pessoas e são consultados várias vezes ao dia.

Uma das consequências é o aumento da visualização de emails em dispositivos móveis onde se verifica um crescimento contínuo e com tendência crescente.

É importante que os emails vão além do design responsivo e que sejam efetivamente idealizados e otimizados para mobile.

7 – Analise resultados

Tenha sempre em conta quando realiza uma campanha de email marketing, que os resultados devem sempre ser analisados, para que consiga efetivamente perceber se a mesma teve ou não um efeito positivo.

Algumas das métricas a que sugerimos a análise são a Taxa de Abertura, Taxa de Clique, Taxa de Conversão, Taxa de Crescimento da Lista, Taxa de Abandono, ROI e Testes A/B.

Verifique também a eficácia das suas campanhas, por exemplo, das leads geradas quantas efetivamente compraram?

Tenha em conta que os objetivos variam de acordo com a empresa, e por isso você é que terá de saber quais os resultados que está à espera com a realização de cada uma das campanhas.

Agora que já sabe 7 boas práticas de otimização numa campanha de email marketing, está na hora de colocar as mãos à obra e começar a apostar a sério neste tipo de ferramenta.

Se precisar de apoio, ou não souber como o fazer da melhor forma, não hesite em contactar-nos, pois estamos à sua inteira disposição para qualquer tipo de esclarecimento adicional.

Close Bitnami banner
Bitnami