A força do Google para aumentar suas vendas

  1. Home
  2. Blog
  3. A força do Google para aumentar suas vendas

Por sua utilidade, credibilidade, evolução frenética e constante é praticamente impossível pensar em boas estratégias de marketing digital sem usar as ferramentas de divulgação oferecidas pelo Google.

A Agência Influência, com ampla experiência no Marketing Digital e uso das
plataformas Google no Brasil e em Portugal estará apresentando diversos artigos com informações atualizadas sobre cada uma dessas plataformas. A seguir falamos do Google AdWords, a plataforma de anúncios do Google, responsável por gerar maior receita da marca desde 2011.

Entendendo o Google Ads

O primeiro passo é termos claro o que é e o que faz o Google Ads – plataforma voltada exclusivamente para publicidade no Google.

Toda vez que alguém faz uma pesquisa sobre um assunto ou produto, seja por computador ou celular, são exibidos os anúncios relacionados ao tema pesquisado. O mecanismo de captura por palavras-chave é uma “sacada” das mais inteligentes já que consegue responder à busca realizada pelo internauta com um anúncio relevante exatamente sobre aquilo que ele quer saber naquele momento.

Mas não é só isso. Existem outros formatos de publicidade disponíveis no Google Ads, altamente eficazes. Os anúncios também podem ser exibidos em forma de banners, vídeos ou animações para outros domínios do Google, ou ainda exibidos nos inúmeros sites parceiros que compõem a rede Rede de Display. Essa rede é formada por um conjunto de mais de dois milhões de sites, vídeos e aplicações que alcançam mais de 90% dos utilizadores da Internet a nível mundial.

Segmentação, a “alma” do negócio

Se existe a “alma do negócio” no marketing digital, ela certamente se chama segmentação. Para que os anúncios tenham mais assertividade a plataforma permite diferentes formas de segmentação que vão de palavras chave até publico alvo, passando por locais de exibição, idioma, agendamento prévio de dias e horários entre outros. Confira a seguir.

Palavras-chave ou Keywords: são termos compostos por uma ou mais palavras que ligam a busca aos serviços das empresas. Dessa forma, os anúncios são exibidos para as pessoas que realizam alguma busca no Google utilizando as palavras-chave definidas na criação das campanhas. A definição de palavras-chaves não é aleatória, é preciso analisar o volume de busca e o custo por clique de cada palavra para saber o quanto é necessário investir para atingir o objetivo de conversões. Tudo faz parte de uma estratégia bem elaborada e analisada por profissionais especializados em Google Ads.

Público-Alvo: Trabalhar com segmentação de público-alvo significa oferecer o seu produto ou serviço às pessoas certas. No Google Ads a segmentação por público-alvo permite definir idade, sexo, interesses, geolocalizaçao, dispositivos a serem exibidos e até os horários! Outra segmentação interessante é a segmentação por contexto, utilizado nos anuncios da rede de display, onde seus anúncios passam a ser veiculados dentro de sites que tratem de assuntos relacionados ao seu negócio. Incrível não é mesmo?

Remarketing:  Outro recurso poderoso do Google Ads é o remarketing, uma ferramenta que identifica os usuários que visitaram o seu site e passa a exibir os anúncios de display a essas pessoas, é o que chamamos de ação de resgate. A ideia é fazer com que o visitante fugitivo lembre-se de você e volte a visitar o seu site. O Remarketing pode ser feito para os visitante de todo o site ou de páginas especificas.

Investimentos sob controle

O Google Ads, permite que qualquer anunciante tenha nas mãos informações valiosas sobre a sua interação com o público, como, contabilizar as impressões e os cliques e, o mais importante, saber se quem clicou realizou alguma conversão no site (como uma compra, contato por formulário, download dos aplicativos ou telefonemas para fazer um pedido).

Trata-se de uma mídia relativamente mais barata do que as tradicionais, até mesmo se compararmos com outros sites que oferecem espaço para publicidade (grandes portais, por exemplo). O interessante é que podemos começar com valores mais modestos, sentir o retorno, avaliar o comportamento do público, e só assim aumentarmos o investimento de forma gradual, se for esse o caso.

No Google Ads tudo pode ser devidamente contabilizado, para que você tenha os números que vão ajudar a comprovar o retorno do seu investimento. Os dados oferecidos tornam possível a identificação dos anúncios que estão ou não com um bom desempenho, permitindo priorizar os canais com melhor retorno. A plataforma permite ainda ver muitos outros dados valiosos, como o custo médio de publicidade que resulta em compras ou as ligações dos seus clientes feitas por anúncios para mobile.

Já as ferramentas de análise, como o Google Analytics, sobre a qual falaremos no próximo artigo, podem e devem ser utilizadas para saber sobre os hábitos de compra de clientes, como, por exemplo, por quanto tempo eles pesquisam seu produto antes da compra, ou em que ponto do site pode estar abandonando o processo de compra.

Anterior
Os desafios e as possibilidades do trabalho à distância
Próxima
As incríveis possibilidades do marketing digital no relacionamento B2B
Menu