Quer ter uma loja online? Descubra tudo o que precisa saber

  1. Home
  2. Blog
  3. Quer ter uma loja online? Descubra tudo o que precisa saber

Quer ter uma loja online Descubra tudo o que precisa saberCada vez mais as empresas apostam em plataformas para criar uma loja online como é o caso do Magento ou do WordPress, como forma de vender os seus produtos para Portugal e em muitos casos para o resto do mundo.

No entanto, contrariamente ao que possa imaginar, ter um e-commerce de sucesso, não é apenas criar a loja online, inserir os artigos e esperar que tudo dê resultado.

Não! É preciso imenso trabalho e dedicação, tal como em qualquer outro tipo de negócio. Assim sendo, hoje iremos explicar-lhe tudo o que necessita saber sobre este tema, de forma a ajudá-lo a melhorar a sua plataforma e as aumentar o seu volume de vendas.

O que é o Magento e como funciona?

Para criar uma loja online é preciso ter diversos cuidados, essencialmente com a plataforma que utiliza para criar a sua loja.

Embora existam diversas plataformas, o Magento é sem dúvida uma das mais populares, pois além de simples e intuitivo para o consumidor, é fácil de manusear por parte da empresa.

Existem duas versões desta plataforma: Magento Community e Magento Enterprise, sendo a principal diferença, é que a versão Enterprise é paga e é utlizada por empresas que diariamente expedem milhares de produtos distintos (como é o caso da Nike, Adidas, Parfois…).

É importante salientar que esta plataforma é um open source, ou seja, é algo que pode ser alterado por qualquer pessoa que tenha ótimos conhecimentos de programação. A plataforma é escrita em código PHP sendo por isso relativamente simples de ser alterada.

A mesma é também construída através de módulos independentes, que permite a qualquer utilizador criar a sua loja online em meia dúzia de cliques.

É importante salientar que existem módulos que são atualizados automaticamente para o país onde se encontra alojada a mesma, e os principais (e que deve mesmo ter em conta) são os seguintes: recuperação de carrinhos de compra abandonados, portes de envio (se são gratuitos, se apenas são gratuitos para determinado valor) e pagamentos.

Formas de pagamento que deve mesmo adicionar à sua loja online

Ter uma loja online, significa receber pagamentos constantemente e de todas as partes do mundo (isto, claro está, se enviar os mesmos para outros países).

Assim sendo, são inúmeras as formas de pagamento que deve ter associadas à sua loja, de forma a satisfazer as necessidades dos seus consumidores.

As principais, e que deve mesmo ter (de forma a ser o mais completo possível), são as seguintes:

  • Pagamento por multibanco – Principalmente se o seu target se encontra em Portugal, as referências multibanco são uma forma simples e muito prática para todos os portugueses (uma vez que podem até fazer o pagamento diretamente pelo homebanking).
  • Cartão de crédito ou débito – Os cartões de crédito, são uma forma de pagamento universal e por esse mesmo motivo, deve sempre dar essa possibilidade aos seus clientes (principalmente se forem realizadas compras de valores muito altos). Inclusivamente, esta é a forma de pagamento que é unanime a todas as lojas online (que aceitam diversos cartões desde VISA, MasterCard, Maestro, American Express…).
  • Paypal – O paypal está a tornar-se uma forma de pagamento extremamente comum em Portugal e no mundo. Assim sendo, é também uma das formas de pagamento que são essenciais a qualquer e-commerce.
  • Contra reembolso – São muitas as empresas que não optam por incluir este método de pagamento, no entanto, o mesmo é essencial para determinado tipo de produtos. Desta forma, além de aumentar a confiança dos consumidores, o pagamento é feito no ato da entrega da encomenda (sendo por vezes cobrado um valor extra – por exemplo 5€ – para pagar desta forma).

Melhores formas de envio das encomendas

Por norma, todas as plataformas de e-commerce de sucesso disponibilizam 3 formas alternativas de envio das encomendas para os seus clientes.

Assim sendo, você deve incluir pelo menos estas três na sua loja online, permitindo ao consumidor uma maior autonomia na forma como receciona a sua encomenda.

  • Envio pelos correios – Este é uma das formas a que os consumidores mais estão habituados a receber as suas encomendas. No entanto, o que a grande maioria dos empresários não sabe, é que os correios podem oferecer a um e-commerce um contrato, proporcionando algumas comodidades, como é o caso de entregas a preços mais em conta.
  • Envio através de transportadoras – Quando são produtos que não podem ser enviados pelos correios (como é o caso dos gadgets, eletrodomésticos, roupa…) é importante que tenha também uma transportadora (de renome) a trabalhar consigo, garantido a entrega das encomendas de forma célere e nas devidas condições.
  • Meio alternativo – Este ponto vai depender de diversas questões. Pode por exemplo proporcionar a hipótese de levantamento na loja sem qualquer custo, ou o levantamento num ponto de recolha (como é o caso de papelarias ou lojas multimarca).

Relativamente aos envios, é importante que deixe sempre a indicação do valor dos portes (se são ou não gratuitos), e qual o prazo médio de receção da encomenda (entre 2 a 5 dias úteis).

Planeamento de marketing digital para um e-commerce

Uma loja online, para ter sucesso precisa de vender! Assim sendo, se quer um e-commerce de sucesso, é de extrema importância que aposte firmemente na sua estratégia de marketing digital (já que a internet é o seu principal ponto de venda).

Desta forma, é importante que analise de forma cuidadosa quais as melhores opções para o seu negócio, e como é que poderá facilmente destacar-se da sua concorrência.

De forma simples, alguns dos métodos que pode utilizar para se destacar são:

  • Email marketing (envios promocionais, newsletters e ofertas);
  • Facebook Ads – Para promover um produto específico ou uma oferta;
  • Google Adwords – De forma a promover os seus produtos diretamente na página inicial do Google;
  • Re-targeting – De forma a alcançar consumidores que já acederam anteriormente ao seu site;
  • Marketing de conteúdos – Produção de conteúdos específicos sobre a sua área de negócio (podem ser por exemplo artigos para o blog);
  • SEO – De forma a escolher as melhores palavras chave para o seu negócio;
  • Gestão e manutenção de redes socias – De forma a melhorar continuamente o seu relacionamento com o consumidor;

Estes são apenas algumas das diversas estratégias que pode utilizar de forma a alavancar da melhor forma possível a sua loja online.

Agora que já sabe como ter uma loja online de sucesso, está na altura de avaliar como é que a mesma se encontra, e se as vendas se encontram de acordo com os seus objetivos estratégicos.

Se precisar de algum apoio na construção da sua loja online ou na implementação das estratégias de marketing digital, não hesite em contactar-nos, pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Tags:
Anterior
Campanhas de marketing digital – No que se deve focar
Próxima
Publicidade na Internet – Tudo o que deve ter em conta
Menu